INÍCIO | BAIXA VISÃO | CEBV | FAQ | CONTACTOS | CATÁLOGO  
 
   
 

Retinopatia Diabética

A diabetes é considerada uma das epidemias do nosso século, surgindo em grupos cada vez mais jovens da população. Este é um dos factores de risco para a retinopatia diabética, já que a probabilidade de desenvolvê-la aumenta com o número de anos da diabetes.

A retinopatia diabética surge mais frequentemente quando os níveis de açúcar no sangue não são devidamente controlados. Tal como noutras zonas sensíveis do corpo, também na retina os vasos sanguíneos mais frágeis tendem a ser afectados quando esta instabilidade é uma constante.

Inicialmente as pequenas alterações não são notadas pelo diabético. Este apenas as identifica quando a visão se torna um pouco nublada. Nesta fase já há pequenos edemas na retina. Nas fases mais avançadas da patologia, surgem novos vasos, muito frágeis, numa tentativa de compensar a deficiente irrigação dos vasos sanguíneos afectados. Estes novos vasos sangram com facilidade, afectando severamente a visão.

Nesta patologia não há um padrão para a afecção do campo visual, pelo que as alterações surgem aleatoriamente, podendo ou não afectar a visão central.

Criança na praia a brincar com avião - visão de uma pessoa normovisualCriança na praia a brincar com avião - visão de uma pessoa com Retinopatia Diabética


Convenções | Comparticipações | Seguro do Plano de Reabilitação
 
2010 CEBV® - Centro Especializado em Baixa Visão | Todos os direitos reservados. Valid XHTML 1.0 TransitionalValid CSS!